Logotipo do Lazer e Cultura
Responsabilidade Social

Pilhas não podem ir para lixo comum

27 de abril de 2015

Cada vez que você joga pilhas e baterias no lixo dá a sua - triste e irresponsável - contribuição para contaminar a terra e a água, e espalhar doenças. Achou a afirmação muito dura? É para ser mesmo. Zinco, chumbo, manganês e mercúrio, só para citar alguns dos metais pesados presentes nesses produtos, podem causar problemas cardíacos e pulmonares, distúrbios digestivos, osteoporose e disfunção renal.
 
O perigo no descarte das pilhas e baterias está no fato de que, se descartadas incorretamente, elas podem ser amassadas, ou estourar, deixando vazar o líquido tóxico de seus interiores. Essa substância se acumula na natureza e, por não ser biodegradável, - o que significa que ele não se decompõe - pode contaminar o solo. Podem ser necessários até 500 anos para que as pilhas sejam absolvidas pelo ambiente.
 
Algumas práticas podem ajudar a aumentar a vida útil das pilhas. Uma delas é nunca guardá-las em locais expostos ao calor e à umidade. Isso evita o vazamento de seu conteúdo. Além disso, é preferível a utilização de pilhas e baterias recarregáveis, pois têm maior durabilidade. É importante também retirar as pilhas do equipamento se ele for permanecer muito tempo sem uso.
 
Outro cuidado que deve ser tomado é com relação às pilhas "piratas". De procedência duvidosa, elas podem conter materiais muito mais tóxicos do que as regularizadas. É importante também observar a rotulagem do produto. Veja se na embalagem consta que a pilha pode ser descartada no lixo comum.
 
As pilhas do tipo alcalinas não contêm metais pesados em sua composição. Já as pilhas comuns, como as recarregáveis, possuem mercúrio, cádmio e chumbo, e devem ser devolvidas ao fabricante.
 
Não exponha pilhas e baterias ao calor excessivo ou à umidade. Elas podem vazar ou explodir. Pelas mesmas razões, não as incinere e, em hipótese alguma, tente abri-las.

Reciclagem
As pilhas e baterias são desencapadas e seus metais queimados em fornos industriais de alta temperatura, dotados de filtros que impedem a emissão de gases poluentes.

Nesse processo são obtidos sais e óxidos metálicos, que são utilizados na indústria de refratários, vidros, tintas, cerâmicas e química em geral, sem riscos às pessoas e ao ambiente.

Descarte
Existem leis que obrigam os fabricantes a receberem de volta pilhas e baterias, e desta forma dar a elas o destino adequado. O que você consumidor pode fazer? O ideal é separar o lixo tóxico do restante, dessa forma você facilita a coleta e posterior armazenagem em aterros especiais. E não há mais justificativa para não dar a destinação correta para esse tipo de lixo eletrônico. Lojas que vendem os produtos, assistências técnicas e supermercados já contam com postos de coletas, onde são depositadas de forma correta pilhas e baterias, que são encaminhadas para os fabricantes, os responsáveis pela eliminação dos produtos.
 


Fonte: http://gazetaonline.globo.com

Parceiros Relacionados



, , , /




, , , /




, , , /