Logotipo do Lazer e Cultura
Educação

Atividades físicas melhoram nossa capacidade de aprendizado

10 de fevereiro de 2015

Já está provado que os exercícios deixam o cérebro mais desperto. Agora, estudo realizado pelo neuropsiquiatra John Ratey, professor da Harvard Medical School, nos EUA, afirma que nosso cérebro é como um músculo e que pode se desenvolver quando devidamente exercitado. Os exercícios provocam a liberação de nossos principais neurotransmissores e do BNDF, sigla em inglês para o fator neurotrófico do cérebro que estimula a produção de neurônios em determinadas áreas como o hipocampo, estrutura ligada à memória.

 

Conforme comprovam estudos realizados em vários países a atividade física regular traz inúmeros benefícios: controle da depressão, da ansiedade e até de vícios. É que muitas pessoas que estão em forma e se exercitam regularmente resistem mais facilmente a gula, as substâncias químicas e até a atividades que causam dependência como jogos de computador e uso excessivo da Internet. A ação sobre a liberação de neurotransmissores como a dopamina diminui o desejo de consumir drogas e outras substâncias.

 

Todos os tipos de exercícios podem ajudar a revitalizar o cérebro. Vários estudos vêm demonstrando que a prática de atividade física pelo menos três vezes por semana, impede o cérebro de se degenerar. A atual recomendação dos cientistas americanos é que nos exercitemos cinco vezes por semana durante uma hora. E, à medida que formos envelhecendo, realizamos treinos de força para deixar nossos músculos ativos e tonificados.


Fonte: http://bemstar.globo.com

Parceiros Relacionados



, , , /




, , , /




, , , /